quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Todo e toda - com artigo ou não?

A gramática estabelece uma distinção de sentido entre TODO e TODO O, TODA e TODA A. A diferença semântica reside justamente no uso e na omis são do artigo. Assim, atribui-se a TODO o significado de "qualquer" e a TODO O a significação de "inteiro".

Nas frases seguintes, a diferença é clara: Lia todo livro que encontrasse. Li todo o livro.

No primeiro caso, o pronome indefinido TODO + substantivo traz a ideia de "qualquer", "cada", por isso o sentido é o de que o cidadão lia "qualquer" livro que encontrasse. Por exemplo, a frase "Todo ser humano tem alma" representa o conjunto dos seres em questão, daí podermos dizer que o uso do singular (TODO = qualquer) tem valor de plural (TODO = totalidade), o que Bechara chama de "totalidade distributivamente de um conjunto plural".

No segundo caso, o adjetivo TODO + O + substantivo tem o sentido de "inteiro", "completo"; assim, o sujeito leu o livro "inteiro". Está implicada uma ideia de integralidade, daí o artigo ser obrigatório.

Todo o mundo/ todo mundo Sem o artigo, "todo" significa "as pessoas em geral":

Todo mundo ficou perplexo com a atitude do professor. Com o artigo, "todo o" quer dizer " todas as pessoas", "o mundo inteiro": O lixo é um grave problema em todo o mundo.

Particularidades

Vejamos, agora, alguns casos particulares:

O pronome indefinido no plural (TODOS) será usado sem o artigo quando um numeral substantivo antecedê-lo. Analise os exemplos:

 Todos três foram embora quando eu cheguei.
 "Era belo de verem-se todos cinco em redor da criança." (Camilo Castelo Branco, O bem e o mal).

Se o numeral vier seguido de substantivo, o artigo é obrigatório:

 Todos os três deputados eram casados.

O pronome indefinido será usado também sem o artigo quando houver um nome em função predicativa:

 Tinha dois filhos, todos professores. (= todos eram professores)

Usamos todo como advérbio, quando tiver o sentido de completamente. No entanto, será flexionado como se fosse adjetivo, ou seja, em gênero e número:

 A roupa estava toda manchada.
 Os senadores caminhavam todos felizes.

Fonte: Revista Lingua Portuguesa