sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Sabiá, Sábia, Sabia...

Em português, os acentos diacríticos são muito importantes na hora de diferenciar palavras. Por exemplo, Sabiá é um pássario, Sábia é uma pessoa com sabedoria, e Sabia (com a sílaba tônica na i) é o verbo saber na terceira pessoa no passado. Por isso é sempre bom saber como se escreve e quais as opções, para não se confundir ao escrever e, mais importante, ao falar.

Como regra geral, é bom lembrar um detalhe:
A MAIORIA DAS PALAVRAS TERMINADAS EM DITONGO (duas vogais) E SEM NENHUM ACENTO TERÃO A SÍLABA TÔNICA NA PRIMEIRA VOGAL NO DITONGO

Como?
Vamos ver alguns exemplos (a letra maiúscula indica a vogal tônica):
continua (continUa) - contínua (contInua)
sabia (sabIa) - sábia (sAbia)
renuncia (renuncIa) - renúncia (renUncia)

Nesses casos vemos como o acento diacrítico ( ´ ) muda a maneira como falamos as palavras.

Então, para resumir...

  • Se uma palavra não tiver nenhum acento e terminar em duas vogais, a sílaba tônica cai na penúltima vogal.
  • Se uma palavra tiver acento, a sílaba tônica cai na vogal acentuada.
Uma boa maneira de treinar essas diferenças é o seguinte trava-línguas: sabia que o sabiá sabia assobiar?